Incentivo ao Turismo no Município de Belém

• Atualizado há 1 mês ago
Complexo Turistico - Mercado Mer-o-Peso

O projeto de lei nº 2147/2022, torna a Belémtur em Secretária Municipal de Turismo.

O setor turístico tem sido uma importante fonte de desenvolvimento para a capital paraense, considerando progressos, e os avanços econômicos alcançados, o município de Belém possui grande potencial de se tornar um polo turístico internacional. A Prefeitura de Belém percebendo a importância dessa industria e com o objetivo impulsionar o setor com novos investimentos, propôs transformar a Belémtur em Sectur.  E no dia 15 de dezembro foi aprovado o projeto de lei nº 2147/2022 de Autoria do Executivo Municipal, durante a ultima sessão do ano na câmera de Belém, a disposição da Coordenadoria Municipal de Turismo (Belémtur), em Secretária Municipal de Turismo (Sectur).

Para o então Coordenador Municipal de Turismo André Cunha a criação da Secretária Municipal de Turismo, visa à adequação do município como uma cidade como indutora do desenvolvimento turístico amazônico. “Com novos investimentos, aprimoramento da equipe técnica, se permite ao órgão a incorporação de atividades culturais e turísticas, facilitando a promoção e divulgação de importantes zonas da cidade, para além do mês de outubro, onde uma das maiores procissões religiosas do mundo, o Círio de Nazaré, que movimenta mais de dois 2 de milhões pessoas em Belém”.

Turismo

Os investimentos na cidade de Belém e o grande potencial turístico da capital Paraense levaram o Ministério do Turismo a escolher a cidade como tendência para o setor em 2022. E as ações promovidas pela Prefeitura de Belém, elevam o segmento na cidade, através da aprovação da Câmera Municipal onde a Coordenadoria Municipal de Turismo (Belémtur), se tornou Secretária Municipal de Turismo (Sectur).  Permitirá ao órgão ações de planejamento, promoção e fomento ao Turismo.

Os atrativos turísticos da região amazônica onde a cidade de Belém se estabelece é classificado como categoria A no mapa do turismo brasileiro. Mudou – se o paradigma de que o melhor lugar para organizar eventos e negócios são as mega capitais do sul e sudeste dos pais. Belém possui muitos requisitos positivos, como: economia dinâmica, alto diversidade cultural gastronomia premiada, investimentos na infraestrutura de transporte e comunicação, boa formação e diversidade de serviços turísticos.  Pontuou Ana Santiago, Diretora de Turismo.

Investimentos

Grandes obras de infraestrutura turística estão sendo realizadas pela Prefeitura de Belém. Como o corredor gastronômico e a reforma do Mercado de São Brás.

O projeto Boulevard da Gastronomia transformará a área do Bulevar Castilho França, perímetro que margeia a Praça Magalhães Baratas, entre a avenida presidente Vargas e a Travessa Frutuoso Guimarães, em um grande corredor gastronômico aberto com espaços de convivência. O local será totalmente modernizado com novo pavimento, iluminação e paisagismo moderno. Tendo um orçamento de aproximadamente R$ 5 milhões com o objetivo de estimular a economia, o turismo e a gastronomia popular. A Prefeitura de Belém investe, avalia e prioriza projetos, serviços e produtos turísticos em diferentes zonas de Belém, desde o continente às ilhas. Há muitos investimentos no setor de turismo e tudo isso evidencia nosso potencial turístico, enfatiza André Cunha.

O mercado de São Brás, em Belém, está sendo reformado. O projeto contempla área de lazer com restaurantes, mezanino, além de espaço para manutenção de cerca de 300 pequenos comerciantes que já atuam no mercado com anuência da Prefeitura de Belém.

Veja também

Dia Das Mães

É no amor que se constrói, que são fortalecidos alicerces, que se compartilham sonhos e lutas. Nos gestos de carinho, lealdade e afeto das mães

Saiba Mais »

Dia Das Mães

É no amor que se constrói, que são fortalecidos alicerces, que se compartilham sonhos e lutas. Nos gestos de carinho, lealdade e afeto das mães

Saiba mais »