Curso qualifica agentes públicos em prevenção à exploração sexual

• Atualizado há 8 anos ago
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on facebook
CreateThumbnail (6)
A palestrante Carla Cruz fala sobre como lidar em casos de exploração sexual

Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Turismo, esse foi o tema abordado na terceira palestra do curso de capacitação “Bem receber Turistas”, realizada na manhã desta terça-feira, 13, no auditório da Secretaria de Estado de Turismo, Setur.

O curso é desenvolvido pela Coordenadoria Municipal de Turismo, Belemtur, juntamente com a Setur, através de um ciclo de palestras que visa capacitar os agentes públicos municipais no atendimento ao turista.  “O agente público tem o dever e respaldo de direcionar os turistas que vem a cidade. E para isso ele tem que ter uma boa comunicação e conhecimento. Daí a importância de qualificar esses profissionais”, ressalta o coordenador da Belemtur, Maikken Souza. “Assim poderemos atender bem tanto o turista nacional quanto o internacional”, acrescenta.

De acordo com a palestrante e mestre em Turismo Carla Cruz, a principal dificuldade do poder público de combater a exploração sexual é lidar com a falta de informação da população. “É importante tirarmos as dúvidas sobre o assunto em momentos como esse, até porque a principal dificuldade de trabalhar o tema de exploração sexual é a falta de informação sobre o assunto. Por isso precisamos orientar esses profissionais a lidar com as diferentes situações, pois cada uma exige uma postura diferenciada”, explica Carla. “Vale lembrar que o Pará, comparado aos outros estados do país, está bastante sensibilizado na questão do combate à exploração sexual”, comemora.

“Estamos buscando a sensibilização desses agentes de segurança pública a fim de dar uma atenção especial a esses seres humanos que estão em fase de desenvolvimento”, enfatiza a palestrante. Para ela o turismo é um ciclo. “Se algo der errado com esse ciclo ele desregula e tudo começa a desandar. Os órgãos públicos precisam combater a exploração sexual, o povo só tem a ganhar com isso”.

O subinspetor da Guarda Municipal, Osmar Júnior, estava atento à temática abordada. “Agora vamos dar continuidade ao trabalho de combate á exploração fazendo denúncias e inspecionando os casos suspeitos. A Guarda Municipal já vem atuando nessa questão, inclusive recentemente tivemos uma operação onde foram apreendidos vários jovens numa boate, o que foi bastante positivo para a população”, relata o inspetor.

Para Rose Massaruto, da Setur, a palestra ajudará os agentes a estarem atentos no que se refere à exploração sexual. “Agora eles vão poder observar o comportamento dessa criança ou desse jovem. O silêncio é um desses sinais. Uma criança explorada é uma criança silenciosa, sem vida”, enfatiza Rose.

A próxima palestra do curso será realizada no dia 06 de junho no auditório da Setur, com o tema “Costume de Povos Estrangeiros, abordagem das principais culturas que visitam nossa cidade e seus principais aspectos”.

Texto: Vanessa Lago
Foto: João Gomes – NID Comus
Coordenadoria Municipal de Turismo do município de Belém (BELEMTUR)

Veja também

Círio 2021

Círio de Nazaré reúne fé, tradição e esperança. A maior manifestação católica do Brasil, onde se homenageia Nossa Senhora de Nazaré é celebrada em Belém

Saiba Mais »

Círio 2021

Círio de Nazaré reúne fé, tradição e esperança. A maior manifestação católica do Brasil, onde se homenageia Nossa Senhora de Nazaré é celebrada em Belém

Saiba mais »